COOPERATIVAS
 se mantêm FORTES em tempos de crise.

Sistema OCB/PE - Notícias

Emendas de Orçamento apoiadas pela OCB favorecerão as cooperativas agropecuárias

 

A Comissão de Agricultura, Pecuária, Abastecimento e Desenvolvimento Rural (CAPADR) da Câmara dos Deputados aprovou hoje quatro propostas de emendas do setor agropecuário ao Projeto da Lei Orçamentária Anual (PLOA) para 2019. As propostas serão encaminhadas para a Comissão Mista de Planos, Orçamento Público e Fiscalização (CMO), que também deverá examinar e emitir parecer sobre o PLOA-2019 até o final deste ano legislativo.

Durante a votação das propostas, a Organização das Cooperativas Brasileiras (OCB) e outras entidades do setor agropecuário manifestaram apoio à inclusão de emenda de acréscimo de R$ 150 milhões ao orçamento do Programa de Subvenção ao Prêmio do Seguro Rural (PSR), aos R$ 450 milhões já previstos no texto original. O objetivo da emenda, proposta pelo deputado Sergio Souza (PR), é garantir que a previsão de R$ 600 milhões ao PSR anunciada pelo governo no lançamento do Plano Agrícola e Pecuário 2018/2019, estará prevista no Orçamento.

A comissão também aprovou a recomposição do orçamento do Programa de Aquisição de Alimentos (PAA), no âmbito do Ministério do Desenvolvimento Social (MDS), com acréscimo de R$ 358 milhões do orçamento público para esta finalidade. A proposta foi fruto de sugestão da OCB, tendo sido apresentada por diversos deputados da Frente Parlamentar do Cooperativismo (Frencoop), dentre eles, os deputados Evair de Melo (ES), Luis Carlos Heinze (RS), Zé Silva (MG) e Heitor Schuch (RS), dada a importância do programa para o fomento das cooperativas formadas por agricultores familiares.

Outras duas emendas, “fomento ao setor agropecuário”, para compras de máquinas e equipamentos agrícolas; e “assistência técnica e extensão rural”, que também devem promover e fomentar sobremaneira as cooperativas agropecuárias.

De forma mais detalhada, as emendas aprovadas pela Comissão de Agricultura foram: 

 - Assistência Técnica e Extensão Rural para a Agricultura Familiar, para a Secretaria da Agricultura Familiar (Sead/CC), no valor de R$ 300 milhões, com o objetivo de melhorar a renda e a qualidade de vida das famílias do campo através do aperfeiçoamento do sistema de produção, de mecanismos de acesso a recursos, serviços e renda de forma sustentável.

 - Fomento ao Setor Agropecuário, para o Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa), no valor de R$ 300 milhões, com o objetivo de incentivar a produção agropecuária de pequeno e médio porte, por meio da aquisição e fornecimento de máquinas e equipamentos agrícolas e de processamento agroindustrial; e pela realização de obras agropecuárias de desenvolvimento rural; estradas vicinais, dentre outros.

- Programa de Subvenção ao Prêmio do Seguro Rural (PSR), para o Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa), no valor de R$ 300 milhões, com o objetivo apoiar financeiramente produtores que desejem proteger suas lavouras contra riscos climáticos adversos.

- Aquisição e Distribuição de Alimentos da Agricultura Familiar, para o Ministério do Desenvolvimento Social (MDS), no valor de R$ 358 milhões, para a promoção e comercialização de produtos da agricultura familiar pelo poder público voltada para a segurança alimentar e nutricional brasileira, por meio do Programa de Aquisição de Alimentos (PAA).

Tramitação – Enviado pelo Poder Executivo no dia 31 de agosto ao Congresso Nacional, o Projeto de Lei Orçamentária para 2019 deve, agora, ser analisado pela Comissão Mista de Orçamento, que deverá consolidar todas as propostas enviadas por comissões, bancadas e parlamentares.

 

**Com informações do Somoscoop.coop.br

 

Add a comment

Seminário exibe vantagens de participar do cooperativismo de crédito

Para promover a educação financeira e a difusão do cooperativismo de Crédito, o Sistema OCB/PE e o Sebrae/PE promoveram, na cidade do Cabo de Santo Agostinho, o Seminário das Cooperativas Financeiras. Em um hotel do município, empresários e gestores de empresas conheceram os benefícios de fazer parte de um dos modelos econômicos que mais crescem no mundo.

Para esboçar melhor o contexto no qual o cooperativismo de crédito vem crescendo no Brasil, o primeiro convidado a falar ao público foi o consultor de planejamento, José Flávio Linhares. Dentro da explanação, ele deixou claro que o setor financeiro do país é bastante movimentado pelo pequeno empreendedor, sendo a que metade dos brasileiros empregados trabalha no pequeno negócio. Esse, de acordo com Flávio, é o maior público do cooperativismo de crédito.

“Até 2022, o Brasil terá cerca de 17,7 milhões de pequenos negócios, ou seja, mais de um milhões de novos empreendimentos por ano. Esse número é 43% superior ao atual, que é de 12,4 milhões de Microempreendedores Individuais e micro e pequenas empresas optantes do Simples Nacional”, comentou o consultor. Ainda de acordo com ele, o cooperativismo de crédito é mais interessante a esse público pelas taxas mais baratas, a desburocratização de diversos serviços e a convivência facilitada com aplicativos financeiros.

As palavras de José Linhares foram fortalecidas pelo gerente de pessoa jurídica do Sicoob, Almir Silva. O gestor, que também foi convidado a participar do evento como palestrante, levou ao público o melhor entendimento da prática cooperativista e o porque do mundo estar migrando cada vez mais rápido para o ramo crédito.

Para ele, o maior trunfo do sistema é na redução das despesas financeiras, com taxas de juros mais adequadas nas diversas linhas de crédito para pessoa jurídica, utilizando crédito de forma mais eficiente e sustentável na cooperativa. “Todo o movimento da cooperativa fica dentro da cidade. Nada vai embora. Todos os recursos são reinvestidos dentro da cidade. Esse é outro diferencial do cooperativismo em relação ao banco, sendo um ponto positivo para mais pessoas fazerem parte do cooperativismo de crédito”, elucidou.

Esse ponto diferencial entre as agências financeiras chamou a atenção de Ronaldo Martins, dono de uma gráfica no Cabo. Para ele, essa atividade já é de grande interesse para buscar uma cooperativa e se tornar cooperado. “Donos de bancos pegam os lucros e vão embora. Pelo que vi na explicação, o dinheiro que entra na cooperativa fica na cidade. É investido em projetos sociais e no bem das pessoas. Só isso já me basta para me tornar um cooperado” relatou o empresário.

Add a comment

Pernambuco recebe Reunião de Alinhamento Regional

Presidentes, superintendentes e gestores das unidades estaduais da Organização das Cooperativas Brasileiras de todo o Nordeste se encontraram no Recife para uma reunião de alinhamento regional. A meta do encontro foi de escutar as necessidades locais, debater possíveis melhorias e alinhar o pensamento para que a região possa realizar projetos de forma integrada. A iniciativa do encontro partiu da unidade pernambucana.

Entre os debates, estavam a Sustentabilidade do Sistema OCB/CNCoop e o cenário do Sindicalismo, a atual movimentação financeira do Sescoop nas unidades, a usabilidade do E-social no cotidiano e as demandas regionais dentro do Congresso Brasileiro do Cooperativismo de 2019.

Para o presidente do Sistema OCB/PE, Malaquias Ancelmo de Oliveira, com esse tipo de encontro é possível estreitar laços, conhecer a realidade dos vizinhos, além de fomentar projetos integrados, que podem ser melhor aproveitados se arquitetados de forma harmônica entre os estados.

Add a comment

Inscrições gratuitas para curso de cooperativismo

Para entender de melhor forma como se constitui uma cooperativa, seus valores e princípios, o modo de organização, além dos processos de tomadas de decisão o Sistema OCB/PE promove o Curso Básico de Cooperativismo, que acontece no próximo dia 30 de outubro, no auditório da instituição. O evento será direcionado ao público que já faz parte de uma cooperativa e deseja se aperfeiçoar no modo de trabalho, para as pessoas recém-ingressadas ou até mesmo ao grupo com desejo de fundar seu próprio negócio. A inscrição do curso é gratuita.

Com carga horária de oito horas, o evento tem como meta proporcionar conhecimentos fundamentais sobre o cooperativismo, além de preparar os participantes para aderirem de forma mais eficaz à atividade econômica que envolve uma pessoa a cada sete em todo o mundo. Em razão ao Dia de Cooperar, data que coloca o público cooperativista em atenção à comunidade, a organização do evento sugere a doação de dois quilos de alimentos não-perecíveis. Toda doação será destinada a uma instituição de caridade.

As inscrições podem ser feitas através do site pecooperativo.coop.br ou através do telefone (81) 3032 8300. A OCB/PE está localizada na Rua Manoel Joaquim de Almeida, 165, no bairro da Iputinga.

Add a comment

Vídeos

adidas superstar air max suisse nike roshe run suisse nike roshe run mbt suisse nike air force suisse ray ban suisse nike air max suisse louboutin suisse mbt geneve christian louboutin suisse new balance suisse cialis suisse viagra suisse kamagra 100 viagra suisse levitra suisse kamagra gel priligy suisse viagra generique